Imperatriz puxa alta de empregos no Maranhão


Fonte: Secap
Texto: Ligia Teixeira
22/11/2017

O mais recente Cadastro Nacional de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho, mostra que o Maranhão vem mantendo bom desempenho na geração de empregos com carteira assinada, destacando-se entre os estados que mais geraram oportunidades de trabalho no país em outubro. Foi a 13ª colocação entre todas as Unidades da Federação. 

Além da boa colocação nacional, o Caged destaca a importante colaboração do município de Imperatriz para os bons resultados na geração de empregos formais no Estado, com ênfase para o setor de Construção Civil, que registrou 1.084 novas vagas com carteira assinada em outubro. O setor de Serviços criou 193 oportunidades formais de trabalho na cidade. 

O município já havia se destacado no setor de Construção Civil no mês de setembro, quando foram criadas 927 vagas na área. No acumulado de 2017, já são 2.812 novos empregos gerados somente na Construção Civil da principal cidade da Região Tocantina.

Embora o setor responsável por maior geração de empregos no Estado tenha sido a agropecuária, setor tradicionalmente mais forte na região de Balsas, Imperatriz ficou entre as cidades com melhor desempenho no saldo de empregos, ao lado de Campestre do Maranhão (1,3 mil novas vagas), Balsas (697), São Luís (591) e Paço do Lumiar (517).

A força das obras

Entre as razões que explicam o número significativo de novos empregos no setor de Construção Civil, estão as obras de infraestrutura do Governo do Maranhão na cidade. 

Fruto do Investimento em Programas como o Mais Asfalto, Escola Digna e Água Para Todos, a cidade também recebe obras importantes como a revitalização da Avenida Beira-Rio. Um total de 85% dos serviços está concluído com a concha acústica e a contenção das erosões. Em andamento estão a parte elétrica, de paisagismo, iluminação, grama e quiosques que recebem reforma. 

Os empregos no setor de Infraestrutura devem ser ampliados com o anúncio da revitalização do Calçadão, maior ponto comercial de Imperatriz, previsto para iniciar em janeiro de 2018 e da Construção de um Parque Ambiental, com obras que devem iniciar no ano que vem. 

No Maranhão, as obras de Infraestrutura geraram 11.594 novas vagas formais no setor em 2016, de acordo com dados do Ministério do Trabalho e Emprego. Com a recuperação da economia e o reforço dos investimentos do Governo do Estado, o setor deverá apresentar crescimento de novas oportunidades também em 2017 e 2018.

Governo garante apoio na redução de impacto ambiental a Piquiá de Baixo

Secretário Márcio Jerry recebe lideranças de Pequiá de Baixo
Fonte: Secap
Texto: Carolina Mello
Foto: Karlos Geromy
23/11/2017


Uma comissão do Povoado Piquiá de Baixo, do município de Açailândia, foi recebida pelo Governo do Maranhão na manhã desta quinta-feira (23). A comunidade vive próxima a indústrias e reivindica soluções para a poluição emitida no local. 

O secretário de Estado de Comunicação e Assuntos Políticos, Márcio Jerry, recebeu o grupo e garantiu o apoio do Governo na luta dos moradores. A emissão de laudos que provem a alta emissão de poluentes e aplicação das sanções legais é uma delas. 

“Encaminhei-os para uma reunião com o secretário de Meio Ambiente, que vai apresentar a eles um laudo sobre a questão ambiental”, disse Jerry. A reunião com a pasta de Meio Ambiente ocorreu ainda nesta quinta-feira. 

Um novo laudo deverá ser emitido em breve para mostrar a evolução dos impactos ambientais na área. Com os laudos, o Governo poderá aplicar a legislação ambiental para exigir a redução de poluentes e amenizar o desconforto das famílias, enquanto a comunidade viabiliza reassentamento distante das indústrias. 

Uma intervenção junto à Caixa Econômica Federal para a liberação do financiamento das casas do reassentamento, e a construção de equipamentos públicos na área das novas moradias foram outros compromissos firmados pelo Governo do Estado.

“A gente prontamente assegurou [os equipamentos] porque são ações que estão na rotina do governador Flávio Dino e que tão logo o conjunto [de casas] seja viabilizado, tais equipamentos serão garantidos”, afirmou Jerry. Entre os equipamentos pedidos pela comunidade estão creches, escolas, posto de saúde e quadras esportivas. 

“Os resultados que tivemos foram positivos”, disse Joselma Alves de Oliveira, liderança da Associação de Moradores de Piquiá de Baixo, sobre o diálogo da comissão com o Governo do Estado. 

“Informação é uma arma. A nossa comunidade tem que estar a mais informada possível para que a gente possa levar nossas demandas e falar com propriedade sobre o que a gente vive”, acrescentou Joselma sobre a importância dos laudos entregues pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente. 

A comunidade
Piquiá de Baixo é formada por 312 famílias e está localizada a 15 quilômetros de Açailândia. A comunidade reivindica soluções para os impactos ambientais gerados por indústrias de beneficiamento de ferro-gusa instaladas na área nos anos 80. A associação de moradores estima que a região é habitada desde os anos 60.

Flávio Dino entrega casas, água, VIVA e outras obras em 5 cidades

  1. VIVA/Procon de Godofredo Viana será inaugurado oficialmente nesta quarta (22)
  1. Projeto Aquaponia está beneficiando milhares de pessoas nos municípios do Mais IDH
Fonte: Secap
21/11/2017

O governador Flávio Dino faz uma série de entregas de obras e autoriza novos investimentos em cinco cidades nesta quarta-feira (22). O dia começa em Amapá do Maranhão, com a entrega de cem casas do Programa Minha Casa, Meu Maranhão nos povoados Curtiçal, Nova Vida e Vertente. Todas as residências contam com sistema de abastecimento de água.

Flávio Dino também visita o projeto Aquaponia, de geração de renda. Já implantado nos povoados Nova Vida e Curtiçal, o projeto contempla cem famílias. Trata-se de um sistema cooperativo cuja a técnica alia criação de peixes com cultivo de hortaliças.

O governador lança mais duas autorizações para o Rua Digna, que vem pavimentando com bloquetes ruas que jamais receberam atenção do poder público. 

Ainda em Amapá do Maranhão, o governador autoriza o início das obras do Mais Asfalto e entrega 204 itens de materiais esportivos. 

Em seguida, é a vez da cidade de Cândido Mendes receber 306 itens esportivos e ter autorizada novas obras do Mais Asfalto. 

VIVA e Restaurante 

O terceiro município é Godofredo Viana, onde será inaugurada a nova unidade do VIVA/Procon. Os serviços estão funcionando desde maio e agora serão inaugurados oficialmente. Já foram feitos mais de 8 mil atendimentos no local.

O governador também vistoria as obras do Restaurante Popular, que deve ser entregue ainda neste ano à população. 

Godofredo Viana ainda vai receber 204 itens esportivos, além de ter autorizadas obras do Mais Asfalto. 

Incentivo à juçara

Em Luís Domingues, a passagem do governador Flávio Dino será marcada por ações de estímulo aos produtores de juçara. Ele entrega uma motocicleta, 3.400 kg de calcário, 1.500 kg de fertilizantes do Programa Mais Produção e 6 kits de irrigação para a Cadeia Extrativista da Juçara. Além disso, Flávio Dino vai autorizar a reforma da Agroindústria de Juçara de Luís Domingues

Ele também vai entregar 204 itens esportivos e autorizar novas obras do Mais Asfalto. 

A agenda se encerra em Carutapera, onde ele visita as obras de reforma e adequação do hospital de 50 leitos e entrega cinco títulos de terra. Flávio Dino ainda autoriza a construção de Sistema Simplificado de Abastecimento de Água no Povoado Bacabal, entrega 408 itens esportivos e autoriza obras do Mais Asfalto. 

Veja como será a agenda do governador nesta quarta:

9h - Amapá do Maranhão (Povoado Curtiçal)
- Entrega de 100 casas do Programa Minha Casa, Meu Maranhão, com sistema de abastecimento de água nos povoados Curtiçal, Nova Vida e Vertente
- Visita ao Projeto de geração de renda, denominado Aquaponia, já em desenvolvimento nos povoados Curtiçal, Nova Vida e Vertente
- Lançamento de mais duas autorizações para o Rua Digna
- Autorização para o início de obras do Mais Asfalto
- Ações de Saúde da Fesma
- Entrega de 204 itens de materiais esportivos


10h30 - Cândido Mendes
- Autorização para o início de obras do Mais Asfalto
- Entrega de 306 itens de materiais esportivos


11h30 - Godofredo Viana
- Inauguração do Viva 
- Autorização para o início de obras do Mais Asfalto
- Vistoria nas obras do Restaurante Popular
- Entrega de 204 itens de materiais esportivos


13h - Luís Domingues
- Almoço na Casa da Creusa Braga (Rua Magalhães de Almeida, 186, Centro)
- Vistoria em obras do Mais Asfalto
- Entrega de uma motocicleta para a Cadeia Extrativista da Juçara 
- Entrega de 3.400 kg de calcário e 1.500 kg de fertilizantes no Programa Mais Produção para a Cadeia Extrativista da Juçara
- Entrega de 6 kits de irrigação para a Cadeia Extrativista da Juçara 
- Autorização da reforma da Agroindústria de Juçara de Luís Domingues 
- Autorização para o início de obras do Mais Asfalto
- Entrega de 204 itens de materiais esportivos   

16h30 - Carutapera
- Visita às obras de reforma e adequação do hospital de 50 leitos 
- Entrega de cinco títulos de terra
- Autorização para construção de Sistema Simplificado de Abastecimento de Água no Povoado Bacaba
- Entrega de 408 itens de materiais esportivos
- Autorização para o início de obras do Mais Asfalto

Clã Sarney e o ‘Bloco Sanatório Geral’

Os temas se cruzam com extrema coincidência que pensamos (ou temos certeza) que ainda estamos no auge do coronelismo político no Maranhão em pleno século XXI. Um aparato cego de vingança e ódio, que inclui quase que totalmente uma mídia de cabresto, um bando de pseudo-analistas-jornalistas-blogueiros-intelectuais-mãediná e políticos ultrapassados de redutos paroquianos, avança como hienas babando pela carnificina do denuncismo criminoso e da mentira deslavada contra o projeto de mudança que o Maranhão experimenta após cinco décadas de poder do clã Sarney.

No momento eles disputam os despojos da chamada Operação Apegados, nova fase da Operação Sermão aos Peixes, que investiga empresas contratadas para serviços médicos. Essas empresas vêm de lá atrás e sem elas, infelizmente, a saúde do Estado não funciona, já que governos anteriores passaram anos sem realizar concurso público para preencher as vagas, principalmente de médicos e outros profissionais especializados – agora, na gestão do atual governo, haverá concurso para a saúde.

Pois bem, voltemos ao que interessa. A tal operação da PF cumpriu vários mandatos com base em investigações de 2015. Prenderam gente, conduziram para prestar depoimentos, essas tarefas obrigatórias de uma operação policial.

Mas aqueles atores que citei lá em cima, sedentos por terra arrasada, arreganham seus dentes de fera das entranhas para tentar ligar o governador Flávio Dino a esse fato recente.

Ora, de todas as pessoas citadas como alvo da operação, apenas uma constava no quadro de servidores da Secretaria Estadual de Saúde, e já foi exonerada. A própria Rosângela Curado foi demitida ainda em 2015. Que diabos tem a ver o governo com contratação de pessoal por essas empresas terceirizadas? Ao contrário, desde 2015 o governo estadual vem arejando essa prática e combatendo no seio da SES a predominância de práticas condenáveis deixadas pelo governo anterior, este sim, responsável por um desvio de quase R$ 2 bilhões de reais em operações escusas quando o cunhado da então governadora Roseana, Ricardo Murad, era o secretário da Saúde.

Passamos ao ponto de abertura do texto “os temas se cruzam com extrema coincidência”. Vamos lá: ano que vem, 2018, tem eleição para o governo do estado e Sarney quer, mais uma vez, fazer da filha predileta a rainha do feudo; ela, coincidência, foi inocentada agora faz tempinho por uma turma do Tribunal de Justiça do Estado de participar do caso Máfia da Sefaz (lembram?!), o esquemão que desviou milhões dos cofres do estados em falsos precatórios; o Oligarca, um dos chefões da podridão peemedebista, é o padrinho (junto com outros ‘intocáveis’ da múmia Temer) da nomeação do novo diretor-geral da PF, que foi superintendente no Maranhão.
Portanto, caros amigos, os temas se cruzam com extrema coincidência? Que se punam os culpados por corrupção e formação de quadrilha, que se investigue e condene os culpados, e que, torçamos, “os temas NÂO se cruzem com extrema coincidência”.

Porém, disseminar e patrocinar mentiras para atingir o governador é atestar a ginga esquizofrênica do ‘Bloco do Sanatório Geral’, este sim um cadáver insepulto que vive a aterrorizar a gente simples e trabalhadora do Maranhão com sua sombra de maldades. 

Operação Apegados: Apenas um citado era funcionário da SES

Sobre a nova fase da Operação Sermão aos Peixes, batizada de Apegados, a Secretaria de Saúde do Maranhão informa que apenas um dos citados pela Polícia Federal como alvo da operação era funcionário da Secretaria e já foi exonerado. Todos os demais já haviam sido exonerados, inclusive Rosângela Curado – esta ainda em 2015.

De acordo com nota da SES, “Os fatos têm origem no modelo anterior de prestação de serviços de saúde, todo baseado na contratação de entidades privadas, com natureza jurídica de Organizações Sociais, vigente desde governos passados”.
A SES informa que desconhece a existência de pessoas contratadas por Organizações Sociais que não trabalhavam em hospitais e [que] “somos totalmente contrários a essa prática, caso realmente existente”.

Informa a SES na nota que “Todos os demais fatos, supostamente ocorridos no âmbito das entidades privadas classificadas como Organizações Sociais, e que agora chegam ao nosso conhecimento, serão apurados administrativamente com medidas judiciais e extra judiciais cabíveis aos que deram prejuízo ao erário”.


A Secretaria também nega contratação de suposta sorveteria para prestação de serviços médicos: “A SES não contratou empresa médica que teria sido sorveteria. Tal contratação, se existente, ocorreu no âmbito de entidade privada”.

PCdoB realiza seu 14º Congresso neste fim de semana em Brasília




O Partido Comunista do Brasil (PCdoB), realiza neste fim de semana, o seu 14º Congresso. Momento máximo de deliberação dos comunistas, o encontro contará com a participação de mais de mil pessoas, entre delegados, convidados brasileiros, representando todos os estados da federação, além de uma delegação internacional. Brasília será palco de debate dos comunistas no evento que ocorrerá entre os dias 17 e 19 de novembro, no Centro de Convenções Brasil21.

A abertura do Congresso ocorre neste momento (15h42) na com o informe da presidenta nacional do PCdoB, deputada federal Luciana Santos. Logo após, está marcado um ato público de apresentação da pré-candidatura de Manuela D’Ávila à Presidência da República.

Nos 95 anos da história do Partido, é a segunda vez que o PCdoB decide disputar as eleições presidenciais. Segundo Luciana Santos, a pré-candidatura tem por objetivo representar um projeto de mudança diante do grave momento em que vive o país e os brasileiros após a ruptura democrática ocorrida em 2016.

“Debateremos saídas para a retomada do crescimento, para o fortalecimento do Estado como indutor do desenvolvimento, para a consolidação da democracia. Manuela se apresenta contra essa agenda nefasta do desmonte trazida por Temer, a serviço de algo diferente que se coloque na condição de defender um novo projeto popular em 2018”, afirma a presidenta comunista.

Além da aprovação de uma resolução política que guiará os comunistas no próximo período, os mais de 650 delegados e delegadas elegerão a nova direção nacional do Partido. O novo Comitê Central será apresentado ao plenário após apuração resultado eleitoral que deve ocorrer a partir das 16 horas do domingo (19), último dia do Congresso.

Internacional

O evento contará ainda com a participação de uma delegação internacional representativa, estão confirmados a presença de mais de cinquenta convidados estrangeiros, oriundos de 32 países, representando 38 organizações.

Mobilização

Para a realização do Congresso, o PCdoB contou com quase 70 mil militantes mobilizados e elegeu mais de 400 dirigentes estaduais em todo o processo congressual, ocorrido nos últimos três meses.

Durante os três dias de Congresso ocorrerão diversos atividades políticas e apresentações culturais.

Confira a programação abaixo:

Programação do Plenário Nacional  do 14º Congresso do PCdoB

17 de novembro – Sexta-feira

15h00 – 15h30 – Instalação do Plenário Nacional do 14º Congresso pela Presidenta Nacional do PCdoB Luciana Santos;

Indicação e votação da Mesa Diretora;

Posse da Mesa Diretora e informe de verificação sobre a composição do Congresso e delegados(as) presentes;

Votação do Regimento Interno;

Eleição da Comissão de Resoluções e da Comissão Eleitoral.

15h30 – 16h50h – Informe Político da Presidenta Nacional Luciana Santos ao 14º Congresso.

16h50 – 17h20 – Lançamento da Pré-candidatura do PCdoB à Presidência da República.

17h20 – 18h00 – Apresentação do Balanço, lições e perspectivas do trabalho de direção nacional.

18h00 – 19h00 – Jantar.

19h00 – 22h00 – Debates em Grupos de Trabalho (GTs);

Em cada um dos 6 GTs poderão falar até 60 delegados(as) e convidados(as), por 5 min cada um(a), ao todo poderão intervir 360 participantes no total.

21h00- Término do prazo regimental para emendas ao Projeto de Resolução Política e às Propostas de alteração no Estatuto do PCdoB.

22h00– Término dos trabalhos do dia.



18 de novembro – Sábado

09h00 – 09h20 – Intervenção especial de Luís Fernandes sobre os 100 anos da Revolução Russa.

09h20 – 10h20 – Apresentação e intervenções das delegações internacionais.

10h20 -10h40 – Intervenção especial de Flávio Dino, Governador do Maranhão, sobre As mudanças no Maranhão.

10h40 – 12h10 – Apresentação dos relatórios dos debates nos Grupos de Trabalho;

Os(As) relatores(as) dos 6 GTs falam pelo tempo de 15min cada relator(a).

12h10 – 13h00  – Apresentação dos critérios e da nominata para composição do novo Comitê Central.

13h00 – 13h30 – Consulta eletrônica sobre a nominata do novo Comitê Central.

13h30 – Término da consulta eletrônica sobre a nominata do novo Comitê Central.

13h30 – 14h30 – Almoço.

14h30 – 16h00 – Debate em plenário sobre o Projeto de Resolução Política, as Propostas de alteração no Estatuto do PCdoB, e o Balanço, lições e perspectivas do trabalho de direção nacional, com intervenções de delegados(as) e saudações de convidados(as) especiais;

Intervém até 18 delegados(as) e convidados(as), cada um (a) por 5 min.

16h00 – 16h30 – Intervenção especial de Renato Rabelo sobre A nova luta pelo Socialismo.

16h30 – 18h00 – Continuação do debate em plenário sobre o Projeto de Resolução Política, as Propostas de alteração no Estatuto do PCdoB, e o Balanço, lições e perspectivas do trabalho de direção nacional, com intervenções de delegados(as) e saudações de convidados(as) especiais;

Intervém até 18 delegados(as) e convidados(as), cada um(a) por 5min.

18h00 às 19h00 – Lançamento de livros e Jantar.

19h00 – 22h00 – Ato político e cultural.

22h00 – Festa de confraternização.



19 de novembro – Domingo

09h00 – 10h00 – Continuação do debate em plenário sobre o Projeto de Resolução Política, as Propostas de alteração no Estatuto do PCdoB, e o Balanço, lições e perspectivas do trabalho de direção nacional, com intervenções de delegados(as) e saudações de convidados(as) especiais.

Intervém até 12 delegados(as) e convidados(as), cada um(a) por 5 min.

10h00 – 12h30h – Relatoria e deliberação sobre o Projeto de Resolução Política e as Propostas de alteração no Estatuto do PCdoB, outras Resoluções e Moções.

12h30 – 13h30 – Almoço.

13h30 – 14h00 – Relatoria da Comissão Eleitoral sobre a nominata do novo Comitê Central.

14h00 – 15h30 – Debate da proposta da Comissão Eleitoral sobre a nominata do novo Comitê Central;

Intervém até 30 delegados(as), cada um(a) por 3min.

15h30 – Início da votação eletrônica da nominata do novo Comitê Central.

16h00- Encerramento da votação eletrônica da nominata do novo Comitê Central.

16h00 – 16h30 – Apuração e proclamação dos resultados da eleição do Comitê Central.

16h30 – 17h30 – Primeira reunião do novo Comitê Central para deliberar sobre a Presidência Nacional e a eleição da Comissão Política Nacional provisória.

17h30 – 18h00 –Apresentação da nova Presidência Nacional e da Comissão Política Nacional provisória, e alocução final de encerramento do 14º Congresso pela Presidência Nacional do PCdoB.

A aproximação de Assis Ramos e o governo do estado

Secretário Clayton Noleto e prefeito Assis Ramos durante encontro nesta quinta (16) na Prefeitura (Foto: Stephanne Menezes/Correio Popular)


As relações institucionais entre o prefeito Assis Ramos e o Governo do Estado estão em nível de tratativas que devem se concretizar já a partir deste final de ano e prosseguir durante 2018. Segundo uma fonte do Palácio dos Leões, “a aproximação administrativa e institucional” está satisfatoriamente igualitária para os dois lados “e quem ganha é Imperatriz”.


Nesta quinta-feira (16), em audiência oficial no gabinete do prefeito, Assis Ramos recebeu o secretário estadual Clayton Noleto (Infraestrutura). Parcerias nas áreas de saúde, cultura e meio ambiente “avançaram consideravelmente”.


“São parcerias que terão impacto direto na qualidade de vida do cidadão e no avanço das políticas de saúde pública, de mobilidade, qualidade de vida e infraestrutura”, confidenciou a mesma fonte palaciana.


O prefeito Assis Ramos está bem receptivo às parcerias com o governo estadual e afasta assim qualquer falatório acerca de um suposto afastamento - até por razões políticas - do grupo do governador Flávio Dino.


Aliás, não se tem tratado de política nos encontros oficiais entre o governador (ou qualquer assessor seu) e o prefeito Assis Ramos.


Há, sim, preocupação e busca de soluções para os problemas na saúde, na infraestrutura das ruas, na segurança e nos investimentos em cultura e meio ambiente.

   

Imperatriz puxa alta de empregos no Maranhão

Fonte : Secap Texto : Ligia Teixeira 22/11/2017 O mais recente Cadastro Nacional de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do ...