Biblioteca Pública Municipal desenvolve projeto de divulgação de membros da AIL

Edna Ventura, presidente da Academia, e o acadêmico Leonildo Sousa

A Secretaria Municipal de Educação – SEMED, por intermédio da Biblioteca Pública Municipal desenvolve um projeto de divulgação e leitura de textos (poemas, crônicas e contos) de membros da Academia Imperatrizense de Letras - AIL, nas escolas públicas de Imperatriz.

Conforme informa a presidenta da AIL, professora e escritora Edna Ventura, cada acadêmico - interessado em fazer parte do projeto - deverá entregar o seu material (livro, textos, etc.) na Biblioteca Pública, situada a Rua São Domingos, nº 10, esquina com 15 de novembro (antiga escola Frei Manoel Procópio) até esta sexta-feira, 1º de agosto, para a senhora Walquiria.

O acadêmico deverá indicar pelo menos dois textos (poema, crônica, conto) para ser trabalhado nas escolas. O material entregue passará a fazer parte do acervo da Biblioteca Pública Municipal. O acadêmico participante deverá fazer um banner com resumo de sua biografia.

A culminância do projeto será no final do mês de outubro com um sarau na Academia Imperatrizense de Letras. O acadêmico deverá mandar fazer um banner com resumo de sua biografia para a divulgação nas escolas. Mais informações com a coordenadora da Biblioteca Pública Municipal.


De acordo com Edna Ventura é de grande importância a participação dos acadêmicos, uma vez que eles terão a oportunidade de tornar suas obras conhecidas pelos estudantes de Imperatriz. O projeto Arte & Cidadania nas Escolas constata que a maioria dos estudantes não conhece as obras nem os autores locais. (Domingos Cezar/ASCOM)

Coligação pede que Justiça obrigue Econométrica a mostrar banco de dados


A Coligação Todos pelo Maranhão entrou com um pedido para que a Justiça verifique a possibilidade de o Diretor do Instituto Econométrica, Sérgio Oscar Zubicueta Goic, ter cometido crime, por conduta prevista na Lei 9504/97. O § 2º do Artigo 33 diz que não cumprir ou realizar atos que retardem, impeçam ou dificultem a ação fiscalizadora dos partidos constitui crime. A punição é feita com detenção de seis meses a um ano, com a alternativa de prestação de serviços à comunidade pelo mesmo prazo, além de multa no valor de dez mil a vinte mil reais.
Entenda o caso:
O Instituto Econométrica descumpriu decisão do Juiz Federal Ricardo Felipe Rodrigues Macieira, da Comissão de Juízes Auxiliares. No dia 08 de julho, o Instituto Econométrica deveria disponibilizar, no prazo de dois dias, os questionários aplicados na pesquisa realizada por eles e publicada no Jornal O Imparcial no dia 26 de junho de 2014, preservada a identidade dos entrevistados. A Justiça também determinou que a coligação dos partidos de oposição tivesse acesso à sede da empresa, para conferir os questionários e o banco de dados.
A Econométrica, além de não ter enviado os dados solicitados, não atendeu a equipe jurídica da Coligação Todos pelo Maranhão. Na manhã da última quarta-feira (29), os advogados da coligação estiveram na sede do Instituto Econométrica, localizado no bairro do São Francisco, para visitar a empresa. Sérgio Oscar Zubicueta Goic, o diretor da instituição, não estava na sede não estava no loca, que estava fechado, entre 09h e 10h da manhã, e sem nenhum funcionário administrativo para prestar qualquer informação. Na sede da Econométrica, somente um pedreiro estava trabalhando, que informou que a esposa de Sérgio estava no local, mas que não poderia falar com a equipe, e que ele voltaria em uma hora. A equipe esperou o tempo determinado, mas ninguém apareceu. Foi tentado também contato telefônico com Sérgio por parte dos advogados, mas sem sucesso.

“Essa será a vitória do Maranhão contra o atraso”, diz Flávio Dino em Pinheiro

O candidato a governador da Coligação “Todos pelo Maranhão”, Flávio Dino, participou nesta quinta-feira de uma grande carreata pelas ruas de Pinheiro. A primeira atividade de campanha no município foi finalizada com o ato de lançamento da candidatura do vereador de Pinheiro Leonardo Sá (PDT) a deputado federal pela Baixada. Durante o evento, Flávio destacou o desejo da população de ver um Estado livre e desenvolvido.
“Estamos fazendo uma bela campanha contra o passado. Nesses 65 dias que faltam para a eleição, viemos a Pinheiro marcar o dia da vitória do Maranhão contra o passado, contra aqueles que pensam que o Maranhão tem dono”, disse.
Ao longo do percurso pelas ruas de Pinheiro, os candidatos foram saudados pelos moradores. A cidade foi uma das que mais tiveram forte participação durante o Diálogos pelo Maranhão. “A gente espera a mudança do Estado com Flávio Dino. Já estamos cansados da família Sarney, estão aí há 50 anos e não fazem nada por Pinheiro”, destacou a dona de casa Ana Clara Costa, 33 anos.
O mesmo sentimento foi destacado nas palavras do corretor Simplício Pinheiro, 44 anos. Ele acompanha Flávio Dino desde a eleição para deputado federal. “Flávio é o melhor para o Maranhão, é a melhor opção. Espero que ele olhe pela juventude, garanta emprego e educação”, acredita. Pai de duas filhas, uma de 12 e uma de 8 anos, deseja um Estado melhor para elas. “Quero um novo Maranhão. Ele foi juiz, conhece a realidade do Maranhão e vai mudar essa história”, continuou.
Bancada unida
O candidato ao Governo também ressaltou a importância de eleger uma grande bancada de deputados estaduais e federais. Sobre Leonardo Sá, destacou que é um político que luta pela justiça social, que tem compromisso com Pinheiro e vai continuar trabalhando pela Baixada na Câmara Federal.
Leonardo Sá, por duas vezes, foi eleito vereador na cidade de Pinheiro, sendo o segundo mais votado em 2008 e o mais votado em sua reeleição em 2012. “A gente sente a carência da região de ter um deputado federal filho da região. Esse é nosso intuito: ser o candidato que conheça as deficiências, os problemas da nossa região e lute por melhorias na saúde, educação e infraestrutura junto com o futuro governador do Maranhão, Flávio Dino.”
O candidato Roberto Rocha reforçou a importância de eleger um senador da oposição e o desejo de trabalhar pelas famílias maranhenses. “Quero deixar nas mãos de cada um a esperança de um Maranhão melhor. Esse estado abençoado por Deus não merecer ser castigado”, disse.
Confiança
A atividade foi acompanhada pelo ex-prefeito de Pinheiro Zé Arlindo, que também depositou confiança na caminhada vitoriosa de Flávio Dino por um Maranhão melhor. “Hoje é o dia do nosso padroeiro Santo Inácio de Loiola e peço que ele ajude nessa caminhada para libertar nossa cidade desse atraso”, disse. O deputado estadual Othelino Neto também defendeu sua reeleição para continuar trabalhando pela Baixada.
Lideranças políticas, vereadores e representantes de sindicatos, além de deputados estaduais, estiveram presentes na atividade. Ainda nesta quinta-feira (31), Flávio Dino visita mais cinco municípios para apresentar suas propostas para construção de um Estado mais justo e com oportunidades para os maranhenses.

Site de doações para campanha de Flávio Dino segue exigências da lei eleitoral e normas de segurança

O site de doações online da Coligação Todos Pelo Maranhão, do candidato Flávio Dino, atende todas as exigências impostas pela Justiça Eleitoral. Além disso, o sistema de doações está de acordo com todas as normas e recomendações de segurança para transações online.
A doação para campanhas usando a internet é prevista e autorizada pela Justiça Eleitoral. O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) exige que, para arrecadar recursos pela internet, os partidos e comitês financeiros devem tornar disponível o mecanismo em uma página eletrônica no Brasil. No caso da Coligação Todos Pelo Maranhão, isso foi feito por meio da páginahttp://financiamentopopular.flaviodino65.com.br/
A página usa o sistema tecnológico da Amazon no Brasil, portanto com reconhecimento oficial em território nacional e seguindo a legislação brasileira.
A legislação eleitoral determina ainda que uma conta bancária seja criada especificamente para receber as doações – o que também foi feito pela Coligação Todos Pelo Maranhão.
Também é requisito contratar uma operadora de cartão ou facilitador de pagamento para a habilitação de recebimento de recursos. Essa empresa contratada foi a Cielo, com amplos domínio e experiência nesse tipo de operação. Os dados dos cartões não são armazenados pela campanha; eles são apenas transacionados pela Cielo.
Em todas as doações, o partido é obrigado a emitir um recibo eleitoral – exigência também cumprida pela Coligação Todos Pelo Maranhão.
O sistema já foi testado e aprovado pela Justiça Eleitoral em outros processos eleitorais no Brasil. O TSE tem acesso às informações de todas as operações, tornando o processo ainda mais transparente.
Segurança
Todo o processo é feito em um ambiente seguro. Todos os dados são armazenados de forma segura e os dados transitam dentro de sub-redes virtuais de forma encriptada. Todas as contas ficam em instâncias de máquinas separadas e totalmente isoladas. Além disso, todas essas instâncias estão hospedadas nos datacenters brasileiros da Amazon.

Movimentos sociais apostam em união com Flávio para mudar os índices do Maranhão

O candidato da Coligação Todos Pelo Maranhão, Flávio Dino, reforçou hoje seu compromisso com os movimentos sociais, com quem firmou na noite de quinta-feira o “Pacto Por um IDH Justo”.

“Vamos mudar a política para transformar a vida das pessoas”, disse Flávio em referência à grande mobilização de ontem dos movimentos sociais.

Durante o evento que lotou o auditório do Hotel Rio Poty, representantes de dezenas de movimentos entregaram a Flávio o documento “Pacto por um IDH mais justo”, que traz propostas para elevar a qualidade de vida dos maranhenses. As lideranças sociais apostam que a mudanças nas práticas políticas são fundamentais para superação das desigualdades sociais do Estado.

Recepcionando o candidato Flávio Dino com a “Oração Latina”, representantes de movimentos sociais de 149 municípios maranhenses cantaram numa só voz e pediram ao candidato para ajudar a retirar o povo do Maranhão do nível de extrema pobreza.

O desafio de melhorar os indicadores sociais do Estado, segundo Chico Miguel, da FETAEMA, já foi abraçado por Flávio Dino, que apresentou 65 propostas para melhorar o Maranhão. “Precisamos libertar o Maranhão”, disse.

 “Somos 450 mil maranhenses que passam fome”, disse Rocha Rural, da Federação das Entidades Rurais do Maranhão, ao reforçar a defesa por mudança. “O Maranhão precisa ser conectado com os avanços sociais do país”, acrescentou a presidente nacional da UNE, Virgínia Barros.

Fim da invisibilidade

No evento, Flávio Dino se comprometeu com o documento entregue pelos movimentos sociais. “Nossa campanha será vitoriosa porque é conduzida pelo povo pobre, sem voz, sem vez, condenado à invisibilidade por tantos. Aqui estou como fruto dessa luta, como produto dessa luta e caminho com tranquilidade entre todas as entidades que aqui estão. Eu desde os 15 anos de idade participo das lutas sociais do meu Estado”, afirmou.

“Incorporo esse pacto, mas acima de tudo incorporo esse movimento. Incorporo a nossa luta, a nossa campanha. Quero fazer uma campanha bela, bonita, que mobilize esperanças, que desperte o brilho no olhar. Acreditem, depois da eleição de 5 de outubro o Maranhão não será o mesmo porque nós vamos colocar o povo no poder. Nós vamos transformar sonhos e esperanças em realidade. Acredito num governo de proximidade. Um político de verdade abraça e sente o abraço. Não acho normal a barbárie de uma minoria com tudo e uma maioria sem nada.”

Flávio ainda disse que este não foi o primeiro e nem será o último encontro com os movimentos sociais: “Garanto a vocês que temos um programa de governo, propostas e uma história de vida que estão a serviço do Maranhão”.

Campanha “Um Maranhão mais justo, um Maranhão sem Sarney” é lançada em clima de otimismo

A Coligação Todos Pelo Maranhão lançou nesta quarta-feira à noite, em clima de otimismo e muita expectativa, o site da campanha nacional “Um Maranhão mais justo, um Maranhão sem Sarney” (http://financiamentopopular.flaviodino65.com.br/). O objetivo da campanha é mobilizar o Brasil inteiro para ajudar a mudar a política do Maranhão e, consequentemente, melhorar os índices de qualidade de vida no Estado.

A página vai recolher doações de moradores de todos os Estados para a campanha do candidato Flávio Dino, em conformidade com o que determina a legislação eleitoral e fiscal do Brasil.

Os organizadores explicam que a campanha tem caráter nacional porque as eleições deste ano no Maranhão terão impacto em todo o país. A renovação da política maranhense representa também uma nova página na política brasileira, com a superação de um arcaico e ultrapassado ciclo.

IDH Justo

O lançamento da campanha foi feito durante o “Pacto por um IDH Justo”, que reuniu Flávio Dino e dezenas de movimentos sociais no Hotel Rio Poty, em São Luís. O evento foi escolhido porque o objetivo é o mesmo: melhorar os índices sociais do Maranhão.

Recepcionando o candidato Flávio Dino com a "Oração Latina", representantes de 149 municípios maranhenses cantaram numa só voz e pediram ao candidato para ajudar a retirar o povo do Maranhão do nível de extrema pobreza.

Os movimentos convidaram Flávio para firmar o pacto e reverter o baixo IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) do Estado, o segundo pior do país. Esse índice foi criado pela ONU e mede a qualidade de vida da população. Flávio aceitou e reafirmou seu empenho em governar o Maranhão para todas as famílias do Estado, priorizando valores como Justiça e Igualdade para garantir que existam oportunidades.

“Precisamos libertar o Maranhão", disse Chico Miguel,  da FETAEMA, ao falar dos problemas sociais do Estado e da alternativa representada por Flávio Dino.
Entre os tópicos mais importantes da mobilização que reuniu movimentos sociais de vários segmentos, está a defesa pela qualidade de vida dos maranhenses e a distribuição de renda. "Somos 450 mil maranhenses que passam fome", disse Rocha Rural, da Federação das Entidades Rurais do Maranhão, ao reforçar a defesa por mudança.

“O Maranhão precisa ser conectado com os avanços sociais do país", acrescentou a presidente nacional da UNE, Virgínia Barros, criticando os gastos supérfluos do governo maranhense.

ENTREVISTAS E DEBATE NA TV E RÁDIO MIRANTE

Reunião de representantes de partidos e coligação na sede da Mirante em São Luís
[Reprodução]

Por Zeca Soares • quarta-feira, 30 de julho de 2014 às 16:00
 
Definidas as datas das rodadas de entrevistas com os seis candidatos ao Governo do Maranhão na TV Mirante e Rádio Mirante AM. A ordem das entrevistas foi definida em sorteio realizado durante reunião que contou com a participação de todos os partidos políticos e coligações.

A TV Mirante entrevistará os candidatos inicialmente entre 18 e 25 de agosto dentro do JMTV 2ª edição que vai ao ar logo após a novela Pedacinho de Chão. Cada candidato deverá ter 6 minutos de entrevistas no telejornal que tem 70% audiência.

Pelo sorteio, a ordem de entrevista é a seguinte: Lobão Filho (18/08), Antônio Pedrosa (19/08), Saulo Arcangeli (20/08), Josivaldo Corrêa (21/08), Flávio Dino (22/08) e Zeluís Lago (25/08).

No JMTV 1ª edição que tem 65% de audiência, as entrevistas irão ao ar entre os dias 15 e 22 de setembro, com duração de 10 minutos por candidato nos seguintes dias: Saulo Arcangeli (15/09), Flávio Dino (16/09), Antônio Pedrosa (17/09), Josivaldo Corrêa (18/09), Lobão Filho (19/09) e Zeluís Lago (22/09).

O debate entre os candidatos está previsto para o dia 30 de setembro. Segundo o diretor de jornalismo da TV Mirante, Roberto Prado a emissora tenta a flexibilização junto à Rede Globo para que possam participar os três candidatos de partidos com representação no Congresso Nacional e o melhor colocado dentre os três candidatos que ficariam fora do debate na última pesquisa do Ibope. No total seria 4 candidatos. Os outros dois participariam de entrevistas dentro do JMTV 1ª edição.

Sobre pesquisa, a TV Mirante divulgará ao todo três no primeiro turno. Duas antes do debate e uma após o debate que será realizado no dia 30 de setembro.

Rádio

As entrevistas na Rádio Mirante AM serão realizadas dentro do programa Ponto Final e terão a duração de 1h30min. O jornalista Roberto Fernandes comandará a mesa redonda que terá ainda a participação com temas livres de jornalistas da Rádio Mirante AM, Portal Imirante e jornal O Estado.

Serão duas rodadas de entrevistas, a primeira começa no dia 11 de agosto. As datas são as seguintes: Josivaldo Corrêa (11/08), Lobão Filho (12/08), Zeluís Lago (13/08), Antônio Pedrosa (14/08), Saulo Arcangeli (15/08) e Flávio Dino (16/08).

A segunda rodada de entrevistas será na última semana da campanha no primeiro turno. As datas definidas em sorteio foram as seguintes: Flávio Dino (22/09), Antônio Pedrosa (23/09), Lobão Filho (24/09), Josivaldo Corrêa (25/09), Zeluís Lago (26/09) e Saulo Arcangeli (27/09).


Foto: Flora Dolores

PUBLICADO ORIGINALMENTE NO BLOGUE DO ZECA SOARES

RISCO DE FRAUDE Oposição quer observadores internacionais em eleição no MA

Os partidos oposicionistas no Maranhão agrupados na coligação “Todos pelo Maranhão”, do candidato ao governo estadual Flávio Dino (PCdoB), querem observadores internacionais para acompanhar a eleição de 5 de outubro no Estado como forma de inibir a compra de votos e diminuir o risco de fraude no processo eleitoral.

O temor da oposição se justifica. A poderosa família do ex-presidente da República José Sarney, sob a liderança direta dele, domina a política no Maranhão há 50 anos, mantendo à custa de pressões, perseguições e ameaças às lideranças do interior do Estado as velhas práticas do coronelismo e do abuso de poder político e econômico.  

A presença de observadores internacionais é comum nas eleições no mundo todo. Em 2010, por exemplo, 45 países enviaram observadores estrangeiros para acompanhar o segundo turno nas eleições brasileiras. A ideia da oposição no Maranhão é replicar essa prática no Estado, ajudando a inibir eventuais fraudes.

Campanha

A Coligação Todos Pelo Maranhão vai às 18h desta quarta-feira (30), na capital São Luís, a campanha nacional “Ajude o Maranhão a derrotar o Sarney”. O lançamento será durante o firmamento do “Pacto por um IDH Justo”.

O objetivo da campanha é mobilizar o Brasil inteiro para ajudar a mudar a política do Maranhão. Um site será colocado no ar para recolher doações de moradores de todos os  Estados para a campanha do candidato da Coligação Todos Pelo Maranhão, Flávio Dino. A página eletrônica também vai recrutar voluntários interessados em fiscalizar as eleições maranhenses.

As doações serão recolhidas por meio do site, que mostrará todo passo a passo, em conformidade com o que determina a legislação eleitoral e fiscal no Brasil.

A Campanha tem caráter nacional porque as eleições deste ano no Maranhão terão impacto em todo o país. A renovação da política maranhense representa também uma nova página na política brasileira, com a superação de um arcaico e ultrapassado ciclo.


Objetivo único

A campanha será lançada durante o firmamento do “Pacto por um IDH Justo”, no Hotel Rio Poty, porque ambas as iniciativas têm o mesmo objetivo: mudar a política para mudar a qualidade de vida do povo maranhense.

Dezenas de movimento sociais vão se reunir com Flávio Dino para firmar o pacto. É uma união para reverter os baixos índices sociais do Maranhão, que tem o segundo pior IDH do Brasil. Essa nota mede a qualidade de vida da população.

Esses movimentos são compostos por educadores, trabalhadores rurais, religiosos, funcionários da Saúde e da Cultura, representantes da moradia popular, dos direitos humanos e das pastorais, do movimento negro, militantes e muitos outros.



Embratur divulga nota para desmentir ataques à gestão de Flávio Dino

A Embratur, órgão do governo federal que promove o turismo brasileiro no exterior, divulgou nota nesta terça-feira (29/jul) desmentindo denúncias contra a gestão de Flávio Dino à frente da instituição. Flávio foi presidente da Embratur de junho de 2011 a março de 2014, durante o governo Dilma Rousseff.

A Embratur afirma que “tem verificado que seu nome está sendo utilizado indevidamente no processo eleitoral do ano em curso”. E informa que a Procuradoria Federal da Embratur está “apurando as ocorrências para tomar as providências cabíveis, a fim de resguardar a imagem institucional do órgão”.


“A Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) tem verificado que seu nome está sendo utilizado indevidamente no processo eleitoral do ano em curso. Sendo assim, informa que a Procuradoria Federal do Instituto está apurando as ocorrências para tomar as providências cabíveis, a fim de resguardar a imagem institucional do órgão.

Informa, também, que não há qualquer irregularidade nas contas da Embratur, que constam como aprovadas pela CGU (Controladoria Geral da União), bem como pelos demais órgãos de controle da União.
A respeito do Contrato nº 12/2009 com a empresa CPM Braxis, a Embratur destaca que a renovação do contrato realizada em 2012 foi precedida de pesquisa de preços de mercado e de análises técnica e jurídica favoráveis.”

GREVE DOS PROFESSORES Inflação e queda de receita impedem reajuste, diz Madeira em entrevista; movimento volta a ganhar adesões

Madeira em entrevista na tv: declarações foram "tiro no pé", dizem professores

O que seria uma tentativa de explicar diretamente à população os motivos pelos quais a Prefeitura se recusa a conceder reajuste salarial aos professores, acabou irritando a categoria e nesta quarta-feira o movimento ganhou novas adesões.

Em entrevista a uma emissora de tv na manhã de ontem, o prefeito Sebastião Madeira tentou justificar sua decisão de enfrentar os grevistas. Alegou que a inflação e a queda na arrecadação municipal, além da redução nos repasses federais,  impedem o reajuste.   

“O momento é de crise econômica nacional e, principalmente, aqui em Imperatriz. Para se ter uma ideia, a receita própria do Município era entre 6,5 milhões e 7 milhões, sendo que, atualmente está em torno de R$ 4 milhões”, afirmou.

[...] milagre ninguém faz. Só paga quando tem dinheiro. Já tivemos momentos graves em outras administrações que nem a folha foi possível pagar”, disse o prefeito, segundo matéria distribuída por sua assessoria.

Mas o que mais irritou os professores foi a declaração desastrada do prefeito de que só em 2016, quando o Município começa a arrecadar o ICMS da Suzano Papel e Celulose será possível conceder reajuste salarial aos funcionalismo.
Trecho da matéria de sua assessoria diz que “Ele enfatizou que a arrecadação do Município sofreu uma redução de quase R$ 3 milhões”, seguida de uma declaração: “É que nestes últimos três anos, tínhamos a Suzano que pagava ISSQN (Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza), mas terminou a construção e esse imposto acabou. Vamos ter o ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), porém somente a partir de 2016, quando vai entrar plenamente nos cofres do município em 2017”.

Para o prefeito, ainda de acordo com o texto oficial, “seria leviano e irresponsável assumir um compromisso que o município não tem condições de custear”.

Ocupação

A greve dos professores, que não foi encampada por toda a categoria, já dura 87 dias.

O movimento radicalizou após o prefeito se negar a conceder o reajuste na data-base da categoria, em maio. Aos poucos foi perdendo adesões, mas ganhou forte visibilidade na mídia estadual, e foi também destaque no noticiário nacional.
 
Professores chegaram a ocupar o prédio da Prefeitura e ficaram acampados em frente ao prédio
O movimento liderado pelo Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino de Imperatriz (Steei), chegou a ocupar a Prefeitura e durante quatro dias os professores permaneceram acampados em frente ao prédio.

Uma liminar obtida pela Prefeitura determinou a desocupação do prédio e obrigou os manifestantes a manterem uma distância mínima de 500 metros de qualquer prédio público.

Uma outra ação pedindo uma decisão sobre a legalidade ou não da greve ainda não foi apreciada pela Justiça.

Foto1: Sidney Rodrigues

Foto2: Steei

TELESSAÚDE Programa do Governo Federal busca melhorar atendimento no SUS

Secretária Conceição Madeira recebe computadores doados pelo programa
Usuários de onze Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Imperatriz serão beneficiados com equipamentos do Programa Telessaúde Brasil Redes. A Secretária Municipal de Saúde, Conceição Madeira, recebeu na ultima segunda-feira (29), os computadores concedidos pela Universidade Federal do Maranhão.
Programa do Ministério da Saúde em parceria com as Universidades brasileiras, o Telessaúde Brasil Redes busca melhorar a qualidade do atendimento e da Atenção Básica no Sistema Único de Saúde (SUS), oferecendo Teleconsultoria, Segunda Opinião Formativa e Tele-educação.
Na entrega, os representantes do Telessaúde Maranhão, Priscila Jullieth Alves de Andrade (Gerente de projetos) e Rubem de Sousa Silva (Programador Web), fizeram a assinatura de um termo de concessão de uso das máquinas que foram instaladas ontem mesmo nas UBS´s. “Esses computadores funcionarão mais como ponto de apoio, porque todo funcionário que tiver loguin e senha pode acessar a plataforma de qualquer lugar, até mesmo de tablets ou smartphones”, afirma Rubem.
Segundo o setor de Planejamento da Secretaria Municipal de Saúde (SEMUS), a priori 121 profissionais entre Agentes Comunitários de Saúde (ACS), Técnicos, Enfermeiros e Médicos estão sendo cadastrados para ter acesso     ao sistema – onde podem tirar dúvidas com especialistas dos mais variados assuntos relacionados à saúde. “O principal ganho disso para os municípios é a economia em relação ao custo benefício com transferência de pacientes para outros centros, tendo em vista que a qualificação dos profissionais proporciona o tratamento na própria cidade”, ressalta Priscila.
Dentre os 44 municípios projetados para receberem o programa no projeto piloto, Imperatriz é a sétima cidade a ter o sistema implantado. Além de ter link de internet ativo nas UBS´s, os critérios levados em consideração pela Universidade para disponibilizar o programa é o contingente populacional, o município não estar vinculado a outro Núcleo da Rede e ter aderido programas como: PMAQ (Programa de Melhoria do Acesso e da Qualidade na Atenção Básica) e PROVAB (Programa de Valorização do profissional da Atenção Básica) e Mais Médico.
Especificações dos serviços disponibilizados pelo Telessaúde Brasil Redes:
Teleconsultoria: consulta registrada e realizada entre profissionais e gestores da área da saúde com a finalidade de tirar dúvidas sobre procedimentos clínicos, ações de saúde e questões relativas ao processo de trabalho, podendo ser síncrona (teleconsultoria realizada em tempo real, geralmente por chat, web ou videoconferência) ou assíncrona (teleconsultoria realizada por meio de mensagens que serão respondidas em até 72h) ou por meio do telefone 0800 644 6543 para os médicos do programa Mais Médicos. O número 0800 644 6543 funciona se segunda a sexta-feira, das 8h às 17h30.
Segunda Opinião Formativa: resposta sistematizada, construída com base em revisão bibliográfica, nas melhores evidências científicas e clínicas originadas das teleconsultorias. Este serviço está disponível em: http://aps.bvs.br
Tele-educação: conferências, aulas e cursos, ministrados por meio da utilização das tecnologias de informação e comunicação; 

Maria Almeida - ASCOM

MEIO AMBIENTE Fórum discute coleta seletiva e atuação dos catadores

Ivanice Candido Almeida (seg. a dir.), presidente do Commam
A presidente do Conselho Municipal do Meio Ambiente (Commam), Ivanice Cândido Almeida, participou na semana passada da videoconferência “Fórum Lixo e Cidadania” realizada no auditório da Eletronorte, em Imperatriz. Participaram do evento representantes de nove estados da federação.
Segundo ela, o fórum discutiu ainda sobre a inclusão social e produtiva de catadores de materiais recicláveis em observância à Lei Federal nº 12.305/2010, que institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos e cria do Comitê Interministerial de Polícia Nacional e o Comitê Orientador para implantação dos sistemas de logísticas reversa.
“Nós debatemos a questão da coleta seletiva e a atuação dos catadores de resíduos sólidos”, disse ela, que considerou de suma importância o evento que servirá de instrumentos e diretrizes para a gestão e gerenciamento dos resíduos sólidos, bem como as responsabilidades dos geradores, do poder público, e dos consumidores.
Ela assinala que o evento foi ministrado pela coordenadora do Reciclanorte, Thais de Paiva Mello, acompanhada pela vice-presidente do Fórum “Lixo e Cidadania” no Maranhão, Valque Sousa. “Nós ouvirmos e assistimos os avanços nessa questão dos resíduos sólidos, da coleta seletiva e os avanços para os catadores”, contou.
Ivanice Cândido lembrou que existe um projeto em âmbito estadual para que se dê suporte aos catadores que trabalham em vários municípios do Estado do Maranhão. Essa ação, explica a presidente do Commam, está sendo desenvolvida pela Secretaria de Estado de Trabalho, cuja finalidade é obter um diagnóstico sobre todos os catadores do Maranhão.

Em setembro, diz ela, serão promovidas oficinas direcionadas aos catadores de materiais de resíduos sólidos, em Imperatriz. “A meta é capacitá-los e buscar a viabilização de recursos e uma forma melhor de trabalho”, finaliza. [Gil Carvalho – Ascom]

FLÁVIO DINO: A verdade vai vencer

NOTÍCIAS DE TIMON

Obras na Ponte das Piranhas

 A Prefeitura de Timon iniciou nesta segunda-feira (28), a construção de uma passagem em substituição a Ponte das Piranhas, localizada no bairro Boa Vista. As máquinas já estão no local fazendo o serviço de escavação. Estão proibidos de trafegar pela passagem, caminhões, ônibus e carros de passeio, ficando livre o trajeto apenas para pedestres, ciclistas e motociclistas.

Inicialmente está sendo feito uma escavação para a construção de uma galeria. Em seguida será feito o aterramento para que fique com o mesmo nível e alinhamento da estrada que tem oito metros de largura. A antiga ponte tinha apenas três metros.

“A obra vai viabilizar o mesmo fluxo de veículos já existente. Em relação a trafegabilidade, não haverá nenhuma alteração”, afirmou o engenheiro da Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura (Seinfra), Joarges Ludson.

O local continua isolado e sinalizado, informando a população da obra. Os moradores das localidades, Barras das Pombas, São Gonçalo, Iracema, São Cristóvão, Santa Amélia e circunvizinhanças poderão seguir pelo percurso alternativo, pelo Povoado Açude, seguindo pela BR 316, logo após o Posto de Combustível, “Cinco Estrelas”, na entrada da subestação.

Projeto Educativo Mãos Dadas

A Prefeitura de Timon tem investido cada vez mais em melhorias para a cidade, uma das áreas que ganham atenção, é a Educação. Além de construção de novos prédios, reformas, fardamentos, capacitação de professores, a prefeitura acredita e investe no potencial dos estudantes da rede municipal de ensino.

Gisele Karolene de Sousa Silva (12) é aluna do 7º Ano no Projeto Educativo Mãos Dadas, projeto coordenado pelo Padre Diniz e que recebe forte apoio da Prefeitura Municipal de Timon. A estudante, juntamente com outras alunas, recebeu do Prefeito Luciano Leitoa, apoio para viagem e inscrições em importantes cursos e competições internacionais na área da dança.

Agora chegou o momento de colher os furtos desses incentivos. Gisele está na cidade de Joinville - Santa Catarina e passou para a segunda etapa da seleção da Escola de Teatro do Bolshoi no Brasil. A Escola, que a estudante de Timon encontra-se, é a única do Bolshoi fora da Rússia e segue o mesmo formato da Escola Coreográfica de Moscou, criada em 1773.

A Prefeitura de Timon também incentivou no mês passado, a ida de 5 meninas do Projeto Educativo Mãos Dadas à cidade de Indaiatuba –São Paulo, para participarem de qualificações. Dentre elas, destacou-se Jessiane Thallyssa, que competiu na 22ª Edição do Concurso Internacional de Dança “Passo de Arte”. Jessiane representou bem a cidade de Timon.

Para a Diretora Titular do Projeto Mãos Dadas, incentivar a cultura através da educação é algo primordial para o crescimento de uma população, e a Prefeitura de Timon enxerga essa oportunidade, quando apoia projetos como esse. “É satisfatório ver que o prefeito Luciano Leitoa compartilhar da filosofia do projeto Mãos Dadas, que é proporcionar formação e cultura através da educação aliada ao ensino da dança, isso promove o povo timonense” Comemora a diretora do projeto.

O Projeto Mãos Dadas trabalha com o modelo de educação em “Tempo Integral” implantando pela Prefeitura de Timon. Na escola os alunos participam de diversas atividades extra curriculares, o que acaba despertando em muitos, o interesse em desenvolver várias habilidades, como dança, esporte e outras.

Projovem Campo

 Mais oportunidades irão fazer parte da realidade da população jovem da zona rural de Timon através do “Programa Nacional de Inclusão de Jovens (Projovem) Campo: Saberes da Terra”. Ao todo serão ofertadas 120 vagas, em quatro escolas da zona rural, no programa do Governo Federal, vinculado ao Ministério da Educação e realizado em parceria com as secretarias estaduais e municipais de educação, que oferecem o programa de acordo com a região.

O Projovem Campo tem como principal objetivo à promoção de ações para a elevação da escolaridade e para a qualificação profissional e social de jovens agricultores familiares e que saibam ler e escrever, mas que não tenham concluído o ensino fundamental e tenha entre 18 e 29 anos. O aluno matriculado irá receber uma bolsa auxilio no valor de R$ 100 (cem reais), material didático e sala de acolhimento para os filhos menores.

De acordo com a coordenadora do programa na Semed, Leila Cristina, esse é mais um benefício voltado para a população do campo por se tratar de um importante meio de inserção no mercado de trabalho local, já que as atividades são pensadas de acordo com a realidade local. “Os alunos interessados poderão se dirigir a uma das quatro escolas que irão oferecer o programa para saber todas as informações. Se tiverem alguma dúvida poderão vir até a Semed para maiores esclarecimentos”, disse Leila.

Escolas que irão funcionar o Projovem Campo: Saberes da Terra:

U. E. Francisco Alves Cavalcante (povoado Pinto) – 45 vagas
U. E. Orgmar Monteiro (povoado Roncador) – 25 vagas
U. E. Antônio Pereira da Silva (povoado Gameleira) – 25 vagas
U. E. Noberto Moreira Lima (povoado Boa Vista) – 25 vagas

Os interessados devem se dirigir a umas das escolas com documentos básicos, como RG e CPF, para efetuarem a inscrição. As inscrições seguem até o preenchimento das vagas. Outras informações no telefone 3212.3373.

Encontro com supervisores escolares

A Secretaria Municipal de Educação de Timon (Semed) realizou um encontro com supervisores das escolas municipais nesta terça-feira (29), no auditório do Centro de Treinamento Wall Ferraz, para discutir as ações que foram desenvolvidas ao longo do primeiro semestre de 2014. O encontro aconteceu durante toda a manhã e segue até as 15h com apresentações de experiências adquiridas pelos supervisores no convívio diário com escolas e creches.

Estiveram presentes supervisores da zona rural e urbana além da secretária municipal de educação, Dinair Veloso, e demais membros da coordenação de ensino da Semed. Dinair fez um breve levantamento das ações realizadas pela secretaria neste início de ano para a melhoria de escolas e creches da rede de ensino. “A Semed tem se esforçado para mudar a realidade da educação do município. Queremos ampliar mais escolas, climatizar outras e construir novas com estrutura ainda melhores das já existentes para que possamos ofertar ensino de qualidade aos nossos alunos e conforto em sala de aula para os professores”, comentou a secretária.

A proposta do encontro é  promover aos supervisores momentos de socialização das experiências obtidas a frente das escolas que atuam e assistem. Foram escolhidos 10 supervisores para fazer apresentações de suas experiências. Em conversa com alguns profissionais que atuam nesta área, é possível identificar as mudanças que estão acontecendo nos ambientes escolares.

Sueleny Ribeiro, supervisora que atua na U. E. Antônio Maria Zacarias Ribeiro, no bairro Cidade Nova, comentou que a realidade da escola tem mudado bastante com o trabalho que vem sendo realizado. “Quando assumimos a escola encontramos muitos problemas e o principal era a indisciplina dos alunos e com isso a baixa auto estima que era presente entre eles. Começamos a inserir atividades culturais que pudessem valorizar e incentivar o bom andamento do ensino na escola e assim aos poucos trazer uma realidade bem melhor para os alunos”, comentou Sueleny.

Os supervisores têm um importante trabalho nesse processo de construção e desenvolvimento da educação. Eles são responsáveis pela mediação do trabalho do professor e aluno e tem como principal ferramenta de trabalho o diálogo.

Segurança do Trabalho

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) de Timon realizou treinamento de Segurança do Trabalho para mais de 100 servidores. O objetivo foi conscientizar os trabalhadores sobre a importância da segurança do trabalho e da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) para a preservação da vida e da saúde tornando o ambiente de trabalho mais seguro e agradável.

Gilvana Freire, estagiária de Segurança do Trabalho, falou sobre as explanações feitas. “Foi uma palestra muito boa e proveitosa, porque além de falarmos sobre os equipamentos de segurança, prevenção de acidentes e a CIPA, todos eles tiveram espaço para esclarecer as dúvidas.”

O administrador do SAAE, José Francisco, afirma que há sempre a necessidade de promover esta conscientização. “Eles precisam de treinamentos constantes para que mantenham a segurança durante o trabalho, para que estejam sempre vigilantes com relação a isso. Foi uma reunião muito proveitosa”.

Emílio da Silva, pedreiro, elogiou o evento. “Foi um treinamento muito bom, porque tirei dúvidas. Vi que é importante usar sempre todos os equipamentos de segurança no trabalho e que também devemos nos preocupar com os colegas de trabalho, e não só coma gente.”

No próximo dia 08, quinta-feira, os servidores receberão mais um treinamento. Dessa vez os servidores vão receber orientações de um médico do trabalho, de um químico e do Corpo de Bombeiros.

Campanha educativa à condutores

O Departamento Municipal de Trânsito de Timon (DMTRANS) vem realizando na cidade uma campanha de educação no tráfego. Nesta quarta-feira (29) os agentes voltaram a falar com condutores de carros e motos que repetidamente colocam seus veículos em cima do canteiro central da avenida Jaime Rios, centro da cidade, prejudicando a passagem dos pedestres. Por ser uma atitude periódica, as medidas administrativas cabíveis já estão sendo aplicadas. Além da Jaime Rios, os agentes também atuaram em outras principais avenidas de Timon.

Jeremias Sampaio, diretor do DMTRANS explica o procedimento em alguns casos. “Nós estamos desde a semana passada pedindo para que as pessoas não coloquem seus veículos em cima do canteiro central da avenida, mas algumas pessoas insistem em repetir no erro. Observamos que essa é uma prática antiga e que deve ser combatida”, finalizou.

Aqueles que foram abordados com as medidas administrativas receberão em até 30 dias, pelos correios as notificações. Por direito poderão recorrer junto à Junta Administrativa de Recursos de Infrações-JARI. A JARI é órgão colegiado ao órgão atuador (DMTRANS). O condutor que quiser recorrer da multa deverá protocolar junto ao Departamento de Trânsito, que em seguida repassará a solicitação do recurso ao JARI. A Junta é sediada no Departamento Municipal de Trânsito que está situado anexo ao Complexo Esportivo Miguel Lima, na rua A, S/N, Bairro Parque Piauí.

A Campanha Educativa continua nos próximos dias e é decorrente de uma capacitação que os agentes de trânsito municipais realizaram na cidade de Caxias, promovido pelo DETRAN do Maranhão e as aulas ministradas pelo Instituto Gonçalves Dias.

O curso qualificou os agentes para diversas habilidades, dentre elas, a aplicação e autuação de medidas administrativas quando houver infrações. O Departamento Municipal de Trânsito de Timon está respeitando as normas estabelecidas pelo Código de Trânsito Brasileiro – CTB estabelecidas na Lei de nº 9.503, de 23 de setembro de 1997.



OPORTUNIDADE Suzano Papel e Celulose recebe inscrições para o programa Jovens Engenheiros até quarta-feira, 30

Engenheiros graduados entre julho de 2012 e dezembro de 2014 têm até quarta-feira, dia 30 de julho, para se inscreverem no processo seletivo do Programa Jovens Engenheiros, da Suzano Papel e Celulose.

As inscrições devem ser realizadas pelo site http://www.suzano.com.br/portal/suzano-papel-e-celulose.htm e os selecionados serão contratados por 24 meses, com início previsto para outubro deste ano. Os candidatos atuarão nas áreas Industrial, Florestal, Engenharia, Logística e Suprimentos da empresa, com a utilização de job rotation para maximizar o aproveitamento e aprendizado profissional.

O processo seletivo tem seis etapas: inscrição, dois testes online – um de inglês e outro de eficiência na resolução de problemas (T.E.R.P.), dinâmica de grupo, entrevista individual e um painel com a Diretoria Executiva da empresa. Os profissionais escolhidos atuarão nas unidades da empresa nas cidades de Suzano (SP), Limeira (SP), Imperatriz (MA) e Mucuri (BA).

Entre os pré-requisitos, o candidato deve ter formação nas áreas de Controle e Automação, Elétrica, Eletrônica, Florestal, Gestão, Industrial, Materiais, Mecânica, Mecatrônica, Produção e Química. Também é exigido inglês avançado e disponibilidade para viagens e mudança de Estado. [Assessoria]


GUERRA URBANA Imperatriz é a segunda cidade mais violenta do MA; São Luís não é a primeira

Com 166 assassinatos registrados em 2012, taxa de 96,6 homicídios para cada 100 mil habitantes, Imperatriz é a segunda cidade mais violenta do Maranhão. Presidente Dutra, com 44 assassinatos – taxa de 96,6 para cada 100 mil habitantes – ocupa o primeiro lugar no ranking do estado. A capital São Luís vem em terceiro, com 651 assassinatos registrados, mas com taxa de 62,6 para 100 mil/hab; Caxias em quarto (85 assassinatos e taxa de 53,8); e Cururupu em quinto, com 14 homicídios e taxa de 43,1.

No ranking das cidades mais violentas do Brasil, Imperatriz ocupa o 107º lugar.

Os dados são do Sistema de Informações de Mortalidade do Ministério da Saúde, constam no Mapa da Violência 2014 e foram divulgados pela revista Exame.

Leia matéria da revista [editada pelo blogger] sobre o mapa da violência:

São Paulo - Caracaraí, em Roraima, é a cidade mais violenta do Brasil. Segundo o Mapa da Violência 2014, divulgado no início do mês, a taxa de homicídios no município foi de 210 mortes para cada 100 mil habitantes - o mais alto entre todas as cidades do país.

O alto índice, infelizmente, não é exclusividade da cidade roraimense.

Em todos os estados do país, há municípios cujas taxas de homicídios estão muito acima do nível já tido por especialistas como epidêmico (10 mortes para cada 100 mil habitantes).

Só foram consideradas cidades com mais de 10 mil habitantes para evitar distorções nas cidades muito pequenas, em que uma morte pode alterar radicalmente os dados de um ano a outro.

Os dados foram retirados do Sistema de Informações de Mortalidade do Ministério da Saúde, e constam no Mapa da Violência 2014.

Caracaraí passou a baiana Simões Filho, na região metropolitana de Salvador.
No município roraimense de 19 mil habitantes, o índice atingiu 210 para cada 100 mil habitantes, um recorde, segundo o relatório Mapa da Violência, que vem sendo feito anualmente desde 1998.

A versão 2014 do mapa ("Os Jovens no Brasil") foi divulgada nesta quarta-feira.

Em Caracaraí, houve uma explosão de assassinatos no ano em questão. Os sete registros de 2011 viraram 40 em 2012.

Com o recorde de 56,3 mil assassinatos em um único ano, a taxa do Brasil ficou em 29 casos/100 mil habitantes, um crescimento sobre os 27,1 de 2011.

O país é hoje a 7º nação mais violenta do mundo, de acordo com o relatório.

Ainda são números de 2012 justamente porque é preciso consolidar os registros dos 5,5 mil municípios do país para fazer a comparação.

Vale ressaltar que a taxa – a melhor maneira de comparar cidades dos mais diversos tamanhos – só foi calculada para aquelas com mais de 10 mil habitantes, para “neutralizar oscilações em municípios de pequeno porte”.


A lista puxa a média brasileira – e muito – para cima. Dezoito têm taxas acima de 100 (sendo que qualquer coisa maior que 10 já é considerado nível epidêmico).

EDINHO LOBÃO DESMASCARADO CGU emite certidão comprovando que Flávio Dino é ficha limpa

A Controladoria-Geral da União (CGU) emitiu, na tarde de ontem (28/jul), uma certidão comprovando que o candidato a governador Flávio Dino é ficha limpa. Segundo o órgão de fiscalização do governo federal, não há qualquer investigação ou parecer contrário à gestão de Flávio quando presidente da Embratur.

A CGU destacou, em sua certidão, que “NÃO CONSTA processo aberto no âmbito da CGU ou da existência de parecer técnico pela irregularidade das contas do senhor Flávio Dino”.

O documento do governo federal vem desmentir rumores espalhados por adversários de Flávio na corrida estadual de que sua gestão à frente da Embratur teria sido repreendida pela CGU. O candidato a governador comandou a Embratur entre junho de 2011 e março de 2014.

Destaque na gestão

No período em que chefiou o órgão do governo federal responsável pela promoção turística do Brasil no exterior, Flávio Dino recebeu vários prêmios por sua gestão. No ano passado, ele recebeu o Stevie Awards, um dos mais cobiçados prêmios do mundo na área de comunicação, em reconhecimento à promoção do Brasil na Copa, com a série de eventos Goal to Brasil, premiada em três categorias.

Durante a gestão de Flávio, o número de turistas estrangeiros no Brasil aumentou cerca de 20%, ultrapassando a marca dos 6 milhões, um recorde na história brasileira. A entrada de recursos por meio do turismo também aumentou, chegando a US$ 6,7 bilhões no fim do ano passado. Eram US$ 5,7 bilhões em 2010. Em 2013, o Brasil foi o quinto maior gerador de empregos no turismo em todo o mundo.

Weverton Rocha comanda encontro do PDT em Imperatriz

Weverton Rocha (ao centro de camisa preta) com um grupo de vereadores de Imperatriz Pré-candidato ao Senado, o deputado federal Wev...