Volta de Aécio favorece Temer e prejudica PSDB


[...] Aécio e Temer: solidariedade política e vínculo penal no melhor estilo "uma mão lava a outra" [..].

Leia no blogue do Josias de Souza clicado aqui

Transporte público informal é principal meio de mobilidade no Norte e Nordeste

 
Flávia Villela - Repórter da Agência Brasil
 
O estudo inédito Ligações Rodoviárias e Hidroviárias, referente a 2016, divulgado hoje (30) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostra que o transporte público informal é um dos principais meios de mobilidade da população das regiões Nordeste e Norte do país. Os transportes sem Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ) se concentram majoritariamente no Nordeste. Essa realidade é mais comum nas viagens de quem mora em cidades pequenas.

As linhas de maior frequência são aquelas que se direcionam para as capitais, procedentes de seu entorno. A informalidade também é grande no norte de Minas Gerais, com grande número de linhas sem CNPJ para a capital Belo Horizonte. A pesquisa analisou a rede urbana brasileira com base nas ligações por transporte de passageiros público e coletivo. A coleta de dados foi feita nos terminais rodoviários e hidroviários, nos pontos de venda de passagens, nas paradas de ônibus e nos locais de transporte alternativo de todos os municípios brasileiros. 

De acordo com o gerente de Redes e Fluxos de Coordenação Geográfica do IBGE, Marcelo Motta, os dados podem contribuir não apenas na elaboração de políticas públicas, como também em estratégias de negócios.

“O transporte público intermunicipal marca bem as regiões de influência das cidades. Ao mapear essas linhas, temos noção do alcance de onde vêm as pessoas para comprar bens e serviços. Isso pode servir de subsídio para o planejamento, por exemplo, de onde localizar um hospital”, disse ele. “E mesmo para o setor privado. Por exemplo, quem quiser criar um shopping novo pode buscar o ponto onde há uma confluência de linhas”.

A pesquisa mostra ainda que em 320 municípios não foi registrado nenhum tipo de transporte intermunicipal público com regularidade temporal ou espacial. Essa falta diz por que a população se utiliza apenas de transporte particular ou tem sistema de transporte público que funciona de acordo com a demanda.

Os estados de São Paulo (467.532,25), Minas Gerais (397.978,25) e da Bahia (342.730) apresentam o maior número de saídas semanais. São Paulo é a cidade com maior número de ligações rodoviárias (1.477) e com os maiores índices de proximidade e intermediação. As ligações hidroviárias se localizam quase exclusivamente na Região Norte, devido às longas distâncias entre as sedes municipais. A frequência de ligações mostrou-se mais esporádica e rara (227.866 saídas semanais).

O estudo revela que embora o Sudeste seja a região mais populosa do país, gera menos saídas semanais de veículos do que o Nordeste, devido à grande quantidade de transporte de curto alcance dentro da região.

“Quanto maior peso demográfico, maior o fluxo, porém as maiores frequências ocorrem no Nordeste, devido à frota de veículos informais que atendem às cidades pequenas, médias e grandes. Esse fluxo de ida e volta”, explicou Motta. “Além disso, vários municípios confluem para um município específico antes de chegar na capital, gerando situações de afunilamento. Tudo isso gera uma quantidade muito grande de frequência de viagens”.

Os custos mínimos mais elevados foram identificados majoritariamente no Sudeste e no Sul. Percebe-se uma concentração espacial no Nordeste das ligações cujas relações entre o preço das passagens e o tempo de deslocamento são mais acessíveis e baratas.

Algumas regiões apresentaram concentração de transportes intermunicipais em uma única cidade, em grande extensão de terra. “Por exemplo, quem mora no interior do Amazonas precisa ir a Manaus para poder viajar para qualquer outra cidade fora do estado. No interior do Amapá, é preciso ir a Macapá para fazer uma baldeação, provocando afunilamentos”.

Ainda segundo o estudo, as linhas de ônibus com destino a cidades estrangeiras são voltadas principalmente para os países do Mercosul. Os destinos principais são Buenos Aires (Argentina), Montevidéu e Punta del Este (Uruguai), Ciudad del Este, Assunção (Paraguai) e Puerto La Cruz (Venezuela). O estudo sugere que o turismo é o principal motivador dessas viagens.
 
Edição: Graça Adjuto

PIS/PASEP Prazo para sacar o abono salarial ano-base 2015 será prorrogado

Trabalhadores que não conseguirem sacar o benefício até sexta-feira terão nova oportunidade de 27 de julho a 28 de dezembro

O Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat) aprovou nesta quarta-feira  (28) um novo prazo para pagamento do abono salarial ano-base 2015. O prazo, que terminaria nesta sexta-feira (30), será reaberto em 27 de julho, e os trabalhadores terão até 28 de dezembro para retirar o dinheiro. Este é o segundo ano consecutivo em que ocorre prorrogação – no ano passado, essa mesma medida foi tomada.

A proposta foi apresentada pelo ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, a partir de um pedido dos representantes dos trabalhadores no Codefat. Ele lembrou que mais de 1,57 milhão de trabalhadores, o que corresponde a 6,49% do total de pessoas com direito ao recurso, ainda não sacaram o abono.

O valor ainda disponível chega a R$ 1,97 bilhão – um recurso importante para os trabalhadores, segundo Ronaldo Nogueira. "Estamos em um momento de recuperação da economia, mas os trabalhadores ainda estão enfrentando dificuldades, então acreditamos que essa prorrogação, principalmente neste momento, está sendo muito importante. Precisamos lembrar que esse dinheiro é um direito dos trabalhadores", afirmou o ministro.

Direito - Tem direito ao abono salarial ano-base 2015 quem estava inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos; trabalhou formalmente por pelo menos 30 dias em 2015 com remuneração mensal média de até dois salários mínimos; e teve seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).

A quantia que cada trabalhador recebe varia de R$ 78 a R$ 937, dependendo do tempo em que ele trabalhou formalmente em 2015.

Abono 2016 - Na mesma reunião, o Codefat aprovou o calendário de pagamento do abono salarial ano base 2016. Os recursos vão beneficiar 24,12 milhões de trabalhadores, que poderão começar a sacar, também, no próximo dia 27 de julho. O saque inicial, neste caso, será para os nascidos em julho (PIS), que recebem pela Caixa, e para quem tem inscrição com final 0 (zero) e que recebem Pasep pelo banco do Brasil.

Qualificação – Outro tema que movimentou a reunião do Codefat foi a aprovação do Mapa de Demandas dos programas de qualificação do Ministério do Ministério do Trabalho, com seus respectivos recursos.  Elaborado pela Coordenação Geral de Qualificação e Certificação do Ministério, o Mapa reúne informações que vão ajudar os gestores públicos na promoção de cursos profissionalizantes, direcionando recursos de acordo com as demandas de cada região do país.

As decisões do Codefat passam a ter validade a partir da publicação no Diário Oficial da União, o que deve ocorrer nesta quinta-feira (29)

ABONO SALARIAL 2015

Para saber se tem direito
O Ministério do Trabalho disponibiliza uma ferramenta de consulta para os trabalhadores saberem se têm direito ao abono salarial Ano-Base 2015. Basta acessar http://verificasd.mtb.gov.br/abono/, digitar o número do CPF ou do PIS/Pasep e a data de nascimento e consultar.

A Central de Atendimento Alô Trabalho do Ministério do Trabalho, que atende pelo número 158, também tem informações sobre o PIS/Pasep.

Como sacar
Para sacar o abono do PIS, o trabalhador que possuir Cartão Cidadão e senha cadastrada, pode se dirigir aos terminais de autoatendimento da Caixa, ou a uma Casa Lotérica. Se não tiver o Cartão Cidadão, pode receber o valor em qualquer agência da Caixa, mediante apresentação de documento de identificação. Informações sobre o PIS também podem ser obtidas pelo telefone 0800-726 02 07 da Caixa.

Os servidores públicos que têm direito ao Pasep, precisam verificar se houve depósito em conta. Caso isso não tenha ocorrido, devem procurar uma agência do Banco do Brasil e apresentar um documento de identificação. Mais informações sobre o Pasep podem ser obtidas pelo telefone 0800-729 00 01, do Banco do Brasil.

Prefeitura autoriza licitação para o Plano de Resíduos Sólidos

Técnicos elaboram relatório para construção do Plano de Resíduos Sólidos


O prefeito Assis Ramos autorizou, nesta semana a licitação para a contratação da empresa que fará a elaboração do Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos, um dos instrumentos mais importantes de planejamento e estruturação do setor público. A idoneidade e o atestado de capacidade técnica, entre outros aspectos, serão avaliados durante processo.
            O engenheiro ambiental de Projetos Especiais da Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semmarh), Allison Daniel, explica que é preciso elaborar o Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos e em seguida fazer a aquisição do terreno para a construção do aterro.
            A Semmarh já realizou estudo em duas regiões da cidade, com o objetivo de chegar ao local mais propício para a instalação do aterro. Durante 15 dias foram feitas análises para elaborar um laudo técnico com os critérios da localização mais adequada. Nesse estudo, foi levada em consideração a proximidade do local aos riachos e corpos hídricos subterrâneos, analisada a vegetação da área, as características do solo, a distância entre a área e centros populacionais e aeroporto, entre outras.
            “Sabendo qual a melhor região, a gente pode começar a verificar quais as possíveis áreas inseridas nessa região para implantar o aterro, até porque o município vai precisar adquirir essa propriedade com até 30 hectares” – explicou Allison. Ele enfatiza que o local deve ser consolidado preferencialmente por pastagem, sem a presença de riachos e lençóis freáticos, além de áreas de proteção permanente (APP).  
            Questões logísticas, de tráfego e acesso ao local onde será construído o aterro, foram levados em consideração, já que o tráfego dos transportes será intenso, por isso foram verificados também a estrutura das estradas e fluxo do trânsito.
            De acordo com a secretária da Semmarh, Rosa Arruda, os recursos para o aterro já estão garantidos pelo Ministério de Meio Ambiente. “É necessário que tenhamos um plano de gerenciamento de resíduos em funcionamento para que o aterro possa ter uma vida útil de 20 a 30 anos” - explicou.
Sara Batalha/ Ascom PMI

EXCLUSIVO Márlon Reis diz que Senado é “opção possível”

Márlon Reis, ex-juiz, um dos criadores da Lei da Ficha Limpa (Foto: Carlos Gaby)


Em entrevista exclusiva ao blogue, o advogado e ex-juiz Márlon Reis, um dos criadores da Lei da Ficha Limpa, diz que espera uma posição oficial da Rede para definir sua participação política na eleição de 2018, que uma candidatura ao Senado é uma “opção possível”, defende eleições diretas já, candidatura de Marina Silva e conclama eleitor a não abandonar a participação política.

Confira:

- O senhor já definiu um caminho político ou fica na assessoria jurídica da Rede?

Márlon Reis – O meu destino político está relacionado ao que vier a ser discutido pela direção nacional do meu partido. Tenho um nome conhecido em outras regiões do país e coloquei o meu nome à disposição da direção nacional da Rede para que oriente qual a melhor alternativa para meu futuro político.

- Seu nome é muito cotado para o Senado. Ou pelo Maranhão ou outro estado da federação, inclusive pelo Distrito Federal. Seria esta a primeira opção?

Márlon Reis – É uma opção possível, sim. Ei tenho recebido convites  de alguns estados, lugares onde sempre tive uma presença muito frequente e onde eu estou agora em virtude do meu trabalho de advogado. Como disse, tanto o cargo como o domicílio eleitoral dependerá muito do que vier a ser decidido pela direção nacional da Rede.

- Em relação à campanha presidencial, a Rede caminha com candidatura própria ou pensa em fazer parte de uma frente?

Márlon Reis – Marina [Silva] é nossa candidata. Temos defendido abertamente que ela volte a postular um mandato de presidente da República. O momento é extremamente propício para a terceira via porque todas as grandes forças políticas estão completamente destruídas pelo envolvimento direto com a corrupção e a Rede não tem esse problema, Marina, particularmente, não tem. Então, ela tem todos os atributos, experiência, para se candidatar novamente à Presidência.

- Com a crise política aberta pela Operação Lava Jato, que atingiu figuras da alta República, qual a posição da Rede?

Márlon Reis – A Rede defende eleições diretas, já, porque a solução deve vir da própria sociedade. Essa é a posição oficial da Rede: eleições diretas para a Presidência da República para que seja eleito alguém para completar esse período, um mandato tampão.
Agora, em não acontecendo isso, eu particularmente faço questão de frisar uma coisa: nós não podemos desistir da participação política. O eleitor não pode achar que todos são iguais. Porque se o eleitor deixar de comparecer ou votar nulo ele vai estar favorecendo quem compra votos. Existem muitos políticos honrados, homens e mulheres e é papel, é dever cívico de nós, como eleitores, identificá-los e  votar neles para que eles ganhem e ocupem esses lugares que hoje são, em sua maioria, ocupados por pessoas inaptas e desqualificadas, até mesmo do ponto vista moral.   
     

Suzano abre oportunidades para jovens de Imperatriz



A Suzano Papel e Celulose, uma das maiores produtoras verticalmente integradas de papel e celulose de eucalipto da América Latina, iniciou as inscrições para o próximo processo seletivo da Escola Formare Aprendiz da Unidade de Imperatriz, no Maranhão.

O programa, desenvolvido pela Fundação Iochpe em parceria com a empresa, oferece o curso de Operador de Processo de Produção. Ao todo, são 1.260 horas entre disciplinas práticas e teóricas, proporcionando maior oportunidade de aprendizado e crescimento profissional para o mercado de trabalho. Além disso, vale destacar que todos os jovens são contratados, durante todo o curso, em regime CLT, conforme a Lei de Aprendiz.

Veja o que é necessário para se inscrever:
Ter entre 18 e 19 anos completos;
Residir nos bairros: Boca da Mata, Santa Inês, Santa Rita, Pq Planalto, Planalto, São José, Pq São José, Pq Independência, Ouro Verde, Imigrantes, Vila JK, Vila Santo Amaro, Bom Sucesso, Nova Imperatriz, Entrocamento, Centro, Bacuri, Quintas Do Jacó, Conjunto Vitoria, Mercadinho, Três Poderes, Vila Nova, Pq. Santa Lucia, Vila Lobão, Eco Park, Vila João Castelo, Vila Cafeteira, Vila Macedo e as comunidades: Bacaba, Matança, Açaízal, Esperantina, Embiral e Olho d’água dos Martins) ter Ensino Médio completo ou estar cursando o segundo ou terceiro ano em escola pública; ser membro de famílias com renda mensal de até um salário mínimo por pessoa; ter disponibilidade para acompanhar as aulas no período das 8h às 16h de segunda a sexta-feira; não possuir vínculo empregatício em regime CLT por mais de um ano; e ter sido dispensado do serviço militar.

Requisitos básicos:

§  Ter 18 ou 19 anos completos até 31 de julho de 2017;
§  A família deve ter uma renda de até um salário mínimo por pessoa;
§  Ensino Médio completo ou estar cursando o 2º ou 3º ano em escola pública;
§  Estar dispensado do Serviço Militar;
§  Residir Residir nos bairros: Boca da Mata, Santa Inês, Santa Rita, Pq Planalto, Planalto, São José, Pq São José, Pq Independência, Ouro Verde, Imigrantes, Vila JK, Vila Santo Amaro, Bom Sucesso, Nova Imperatriz, Entrocamento, Centro, Bacuri, Quintas Do Jacó, Conjunto Vitoria, Mercadinho, Três Poderes, Vila Nova, Pq. Santa Lucia, Vila Lobão, Eco Park, Vila João Castelo, Vila Cafeteira, Vila Macedo e as comunidades: Bacaba, Matança, Açaízal, Esperantina, Embiral e Olho d’água dos Martins)
§  Ter disponibilidade das 08h às 16h, de segunda-feira à sexta-feira;
§  Sem vínculo empregatício em regime CLT, regido pela Lei de Aprendizagem 10.097/00 por mais de um ano.

Inscrições

As inscrições vão até o dia 14 de julho e,  após essa etapa de inscrições, os candidatos farão uma prova seletiva, envolvendo especialmente matemática, português e redação. As demais etapas são classificatórias.
Para se inscrever no processo, é necessário enviar um e-mail para voluntariar@suzano.com.br.

FORMARE APRENDIZ SUZANO

A Suzano Papel e Celulose desenvolve o projeto Escola Formare Aprendiz, desde 2005, ao todo, já formou 580 jovens. Do total, 75% estão inseridos no mercado de trabalho, sendo que 127 jovens foram absorvidos nas operações da empresa em todo o Brasil. As aulas são ministradas por colaboradores da Suzano, seguindo a metodologia da Fundação Iochpe, que tem 29 anos de experiência, com 64 unidades em diferentes empresas, espalhadas por 11 estados brasileiros e agora com duas unidades no México. Mais de 19 mil alunos se formaram nos diversos cursos e outros 1.300 se formando entre 2016 e 2017.
Na região do Maranhão, 46% dos jovens capacitados pelo programa, estão trabalhando na empresa. “O projeto reforça nosso compromisso com a educação, buscando sempre inspirar e incentivar nossos colaboradores a compartilhar seus conhecimentos, visando gerar mais oportunidades para jovens na região, construindo assim um movimento de transformação social e mudança positiva na sociedade. Acreditamos que todos podem fazer a diferença!” Elisabete Flores Pagliusi – Coordenadora de Voluntariado e Projetos de Formação.
Segundo o ex-aprendiz e atual Operador Assistente de  Tratamento de Água Efluentes,  Lucas Huam Rodrigues Menezes, o Formare abriu muitos caminhos que ele não imaginava traçar e que fez com que ele buscasse seus sonhos e pensar como poderia melhorar seu futuro.

Sobre a Suzano Papel e Celulose

A Suzano Papel e Celulose é uma empresa de base florestal e uma das maiores produtoras verticalmente integradas da América Latina. Subsidiária da Suzano Holding e parte do Grupo Suzano, a empresa investe há 93 anos na indústria de papel e celulose e possui operações globais em aproximadamente 60 países. Atualmente, são cinco unidades industriais: Suzano, Rio Verde e Limeira, no estado de São Paulo, Mucuri, na Bahia, e Imperatriz, no Maranhão. Sua capacidade anual de produção é de 4,7 milhões de toneladas de papel e celulose. A empresa opera ainda na área de biotecnologia, por meio da FuturaGene, primeira empresa do mundo a obter aprovação para o uso comercial de eucalipto geneticamente modificado; celulose fluff, usada na produção de fraldas e absorventes higiênicos; lignina, um subproduto do processo de fabricação da celulose, e potencial substituto de derivados de petróleo em aplicações de alto valor; e tissue, como um parceiro industrial para a indústria de papel higiênico. (Assessoria Suzano)

SAÚDE: MA economiza R$ 508 milhões com redução de terceirizadas


Hospital de Imperatriz construído e mantido pelo governo do estado

A economia de mais de meio bilhão de reais desde 2015 com a redução das entidades terceirizadas que administravam hospitais no Maranhão aconteceu ao mesmo tempo em que o governo aumentou os serviços na saúde pública.
O modelo de gestão por Organizações Sociais foi herdado das gestões anteriores. Em dois anos, com a redução dessas entidades terceirizadas, R$ 508,2 milhões foram economizados.

Foi o suficiente para estabelecer diversos marcos e programas inéditos na saúde maranhense. Entre eles, por exemplo, está a entrega de cinco hospitais macrorregionais, algo jamais feito em qualquer outra gestão.

As unidades estão na Baixada Maranhense (Hospital de Pinheiro Dr. Jackson Lago), no Leste Maranhense (Hospital de Caxias Dr. Everaldo Aragão), em Pindaré (Hospital de Santa Inês Dr. Tomás Martins), na Região Tocantina (Hospital de Imperatriz Dra. Ruth Noleto) e no Médio Mearim (Hospital de Bacabal Dra. Laura Vasconcelos).

O Hospital Regional de Balsas está em fase de conclusão e vai ser a sexta unidade entregue. Serão 50 leitos. Os hospitais macrorregionais têm impacto muito grande em toda a região. A unidade de Caxias, por exemplo, fez mais de um milhão de atendimentos em menos de um ano e meio.

“Nós readequamos despesas e estamos fazendo a transição dos institutos para a Emserh (Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares), o que tem permitido economia e melhor racionalização de recursos”, diz o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula.

“Temos trabalhado intensamente para que as unidades estejam devidamente equipadas e distribuídas pelo estado de forma a alcançar cada vez mais maranhenses, com dignidade e zelo pela coisa pública”, acrescenta.

Tecnologia

Outra iniciativa inédita na história do Maranhão é a criação de uma UTI Materna. Inaugurada em abril deste ano na Maternidade Marly Sarney, é a primeira UTI do estado voltada especificamente para o cuidado com as mães.

A Unidade de Tratamento Intensivo também é a única da rede pública do Maranhão com um sistema de monitorização da situação clínica de cada paciente via celular. A nova tecnologia facilita o acompanhamento das pacientes pela equipe médica.

O Maranhão também tem, pela primeira vez, um programa sistemático de entrega de novas ambulâncias para todos os municípios. Desde o início do ano as cidades estão recebendo os veículos para recompor a estrutura de saúde do estado.

Até agora, foram contemplados quase cem municípios. É uma ambulância entregue a cada dois dias. A meta é atingir as 217 cidades até o fim do ano. Muitos dos municípios beneficiados não tinham nem mesmo um veículo desse tipo, fazendo o transporte com carros improvisados.

Alcance

Outra iniciativa inédita é a criação da Fesma (Força Estadual de Saúde), que atua nos 30 municípios do Plano Mais IDH, voltado para a população mais carente. É a primeira vez que essas cidades recebem atenção nesse nível. São 120 novos profissionais contratados por concurso que percorrem as regiões mais distantes para levar atendimento de saúde.

A Fesma já fez mais de 600 mil atendimentos desde que foi criada, salvando vidas e prevenindo o surgimento de doenças.

O Centro de Referência em Neurodesenvolvimento, Assistência e Reabilitação de Crianças (Ninar) também é um marco na história da saúde do Maranhão. A casa virou referência nacional no tratamento especializado de doenças neurológicas infantis.

Os atendimentos de saúde na Caravana Governo de Todos são igualmente uma experiência inédita para os maranhenses. A caravana já percorreu dezenas de municípios com vacinação, medição de pressão arterial, glicemia, testes rápidos e consultas. A ação continua para chegar a todas as cidades do estado.

Weverton Rocha comanda encontro do PDT em Imperatriz

Weverton Rocha (ao centro de camisa preta) com um grupo de vereadores de Imperatriz Pré-candidato ao Senado, o deputado federal Wev...